domingo, 19 de junho de 2011

AMARELINHO

Clorose Variegada dos Citros (CVC)
A clorose variegada dos citros (CVC), e popularmente conhecida como amarelinho, é uma entre as  mais importante doença do citros, é uma doença causada pela bactéria Xylella Fastidiosa, que afeta o xilema das plantas, onde a bactéria provoca o entupimento dos de circulação de água e nutrientes da raiz para a copa das plantas.os frutos ficam duros, pequenos com manchas marron claro, amadurecem precocemente causando perda de peso e da qualidade do fruto não atendendo o  mercado de mesa.
A bactéria é transmitida e disseminada nas plantas por insetos e vetores, como ainda não é possível combater à Xilella fastidiosa, o produtor tem que implantar na propriedade as estratégias de manejo da doença.
SINTOMAS:
Os sintomas aprecem primeiro nas folhas, e posteriormente passando para os frutos e por fim por toda a planta.


NAS FOLHAS: Os primeiros sintomas aparecem nas folhas maduras da copa da planta. Nas plantas bem infestadas aparecem manchas amarelas, espalhadas na parte superior da folha parte lisa, e cor palha na parte inferior que com o decorrer do tempo elas partem para a cor palha dos dois lados.
FRUTOS: Quando já com estágio avançado os frutos que não evolui o tamanho e com o madurecimento precoce, os frutos com manchas de queimadura do sol com cor marron claro, não atendendo os padrões para o comércio principalmente fruta de mesa.
                            TRANSMISSÃO:

Está comprovado que há onze espécie de cigarrinhas  que são capazes de transmitir a bactéria Xilella fastidiosa e são responsáveis pela disseminação da CVC. Ao se alimentar do xilema da planta contaminada, a cigarrinha adquire a bactéria e ao se alimentar de outra planta deixam a bactéria em plantas sadias.
CONTROLE

O melhor controle é fazer inspeção do pomar e quando encontrado 10% das plantas com a presença de cigarrinhas, entrar com o controle químico através de pulverizadores,



Além do controle com produto químico para as cigarrinhas, também é muito importante fazer erradicação de plantas focos com infestação muito avançado com amais de 40% dos ramos com sintomas, e poda em plantas acima de 4 anos de idade com infestação menor que 40% dos ramos, vale bem pensar no momento da poda com muito critério o modo de poda que tem que ser em baixo nas pernada da planta para não correr o risco de deixar ramo com a bactéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar e comentar!

Postar um comentário